PUBLICIDADE

Loja online olook oferece produtos de acordo com o estilo de cada cliente

Imagine um e-commerce repleto de itens inspirados no seu estilo. Sim, ele existe. A loja olook foi criada em dezembro e conta com um sistema especial que realiza testes de personalidade capazes de desvendar quais roupas, sapatos e acessórios melhor combinam com você. A marca utiliza o modelo fast fashion e realiza uma produção rápida, com peças atuais, lançando uma nova coleção a cada mês. Além disso, a olook possui seus próprios designers, responsáveis pela confecção das peças.

O cadastro é grátis, simples e é possível realizar o teste em poucos minutos, após isso, é apresentada uma vitrine repleta de itens inspirados no seu perfil. A compra é fácil e se você indicar 5 amigas para cadastrar-se, ganha R$ 20,00 de crédito. Interessante, não?

O e-commerce recebeu investimento da empresa Venture Capital Monashees e um dos diferenciais é oferecer preços acessíveis, com produtos até 30% mais baratos que o padrão do mercado, o que acaba sendo possível pela ausência de custos de uma loja física.

Acesse: www.olook.com.br

Feito Brasil Cosméticos lança linha sustentável de cuidados para a pele

A atitude sustentável vai dominar o mundo, que assim seja! Mais uma marca de cosméticos lança no mercado produtos de cuidado para a pele feitos com matérias-primas de origem vegetal e biodegradáveis. A linha Essência Musical da Feito Brasil Cosméticos desenvolveu ao total, três hidratantes corporais, dois sabonetes líquidos e um kit de sabonetes em barra.

Hidratantes e Sabonetes Líquidos

Chamado de “processo verde”, a fabricação dos itens foi feita de maneira artesanal e a frio, sem ativos de origem animal, nem conservantes da classe dos parabenos. Além disso, os produtos não foram testados em animais e a composição dos hidratantes leva ômega 3 e 6 e vitamina B-5.

As embalagens são lindas e recicláveis e o cheirinho dos produtos é maravilhoso. Os preços variam entre R$ 34,80 e R$ 47,90.


Para mais informações:

SAC: (44) 3245-3267 / atendimento@feitobrasil.com

Melhora financeira amplia os gastos no Natal

Cosméticos estão entre os produtos preferidos para presentear

A época das festas já se aproxima e as pessoas estão otimistas para as comemorações. Dois terços dos brasileiros entrevistados (67%) pretendem gastar mais ou a mesma quantia nas compras de Natal deste ano se comparado ao ano anterior. Além disso, 21% pretendem realizar suas compras pela internet e, ainda, utilizá-la como ferramenta de pesquisa de opiniões e preços. Estes são alguns dos principais resultados apontados na “Pesquisa de Natal 2011- Intenções e expectativas do consumidor brasileiro”, realizada pela Deloitte com 1068 consumidores durante o mês de outubro.

Situação financeira

Durante a pesquisa, os brasileiros também avaliaram a situação financeira das famílias. 56% deles acreditam que estão melhor financeiramente do que um ano atrás, enquanto 30% disseram estar na mesma situação.

A melhora na condição financeira das famílias é a principal motivação para se gastar mais nas compras (37%), já que, dos respondentes que exercem atividade remunerada (68%), quando questionados sobre o quão seguro eles se sentem em relação à estabilidade em seu emprego para 2012, 56% afirmaram estar extremamente seguros.

13º salário

Sobre o décimo terceiro salário, 44% disseram que o dinheiro será utilizado para quitar dívidas, enquanto 29% disseram que irão economizar esses recursos. Estas situações ficam mais evidenciadas nas classes sociais D e E e A e B, respectivamente.
Os entrevistados foram questionados sobre as possíveis mudanças no comportamento de compra. Cerca de 43% disseram pesquisar mais antes de comprar, enquanto 34% fazem mais compras online.

Como serão as compras de Natal

Presentes

Entre as prioridades de compras para o Natal, 30% dos entrevistados afirmaram que serão os presentes, especialmente para os filhos. Os cinco grupos de presentes mais votados pelos entrevistados :

• Roupas (74%);
• Sapatos (38%);
• Cosméticos, perfumes e cuidados pessoais (37%);
• Aparelhos eletrônicos, celulares, computadores, tablets, players (37%);
• Jogos, brinquedos e bonecas (32%).

Momento da Compra

A maioria dos consumidores (43%) pretende fazer as compras no início de dezembro, enquanto 30% disseram que a intenção é realizar a partir de agora. A segunda metade de dezembro foi apontada por 13% dos brasileiros. Apenas 8% disseram que pretendem realizar as compras até uma semana antes do Natal.
Canais de Compra

A pesquisa avaliou o comportamento atual dos entrevistados quanto aos canais de compras que pretendem realizar a maior parte de suas compras: 25% afirmaram que as lojas de departamento serão o canal mais utilizado, enquanto 22% apontaram para as lojas de shopping. A internet aparece como o terceiro canal mais citado para a realização das compras, com 21%.

Os canais de internet mais utilizados serão: os sites de compras coletivas, com 54% das preferências, seguindo a onda de crescimento desse tipo de canal; outros 50% farão suas compras por meio dos sites de lojas de departamentos, sendo que esses consumidores estão concentrados nas classes A e B e com idade entre 45 e 54 anos.

As mídias sociais também foram destaque nos resultados da pesquisa. Quando questionados sobre como as mídias sociais fariam parte do processo de compras, 64% disseram que a finalidade é ler opiniões e recomendações de produtos ou lojas e 59% utilizará para pesquisas de preços.

O meio de pagamento prioritário nas compras de Natal ainda será o dinheiro, com 44%, seguido do cartão de crédito, com 29%, e do cartão de débito, com 25%. Desta forma, é possível afirmar que 69% dos entrevistados farão o pagamento à vista.

Fonte: Site Consumidor Moderno

Océane Femme lança Caneta Hidratante para Cutículas e Caneta Removedora de Esmaltes

O cuidado com as unhas tem se estendido além do salão de beleza. Marcas têm pensado em produtos e acessórios que podem ser levados na bolsa e usados em qualquer lugar. E toda essa praticidade tem conquistado várias consumidoras que agora podem levar na nécessaire uma gama de mini produtos que possuem a mesma eficiência dos de tamanho normal.

Depois do sucesso dos lencinhos para remover esmaltes, a Océane Femme surge com mais duas novidades incríveis e práticas: a Caneta Hidratante de Cutículas e a Caneta Removedora de Esmaltes. Enquanto a primeira proporciona hidratação imediata e prolongada, a segunda retira todo o excesso de esmalte ao redor das unhas.

Saiba mais:

Caneta Hidratante de Cutículas

O produto oferece um método diferente e muito mais prático de deixar as unhas com aparência de recém-saídas do salão, graças ao seu exclusivo pincel. A aplicação é simples: basta girar a extremidade do produto oposta ao pincel para umedecer as cerdas com o hidratante, massagear as cutículas com o pincel macio e esperar secar. Preço Médio: R$ 11,90.

Caneta Removedora de Esmaltes

Sua fórmula é enriquecida com um removedor que não contém acetona. A ponta é macia e umedecida, e a fragrância é leve e agradável, com aroma de limão. Para aplicar, basta friccionar a caneta sobre a pele ao redor das unhas, removendo fácil e rapidamente todo o excesso de esmalte. O produto é válido por dois anos, a partir da data de fabricação. Após aberto, é recomendado o consumo em até três meses. Preço Médio: R$ 9,90.

As embalagens possuem 3 ml e já estão disponíveis em perfumarias e drogarias.

Para maiores informações – SAC: (11) 2171-0142 – Océane Femme

Moda usa criatividade para ganhar espaço no comércio eletrônico

Crescimento e potencial do mercado atraem pequenos players para o mundo digital, como a Daslu, Aviator e Sérgio K, que entraram no mercado há menos de seis meses e já fazem altas prospecções de crescimento

Escolher as peças, levar para o provador e experimentar uma por uma são as ações básicas na hora de comprar roupas. As marcas de moda, no entanto, têm apostado numa maneira menos ortodoxa para vender seus modelos. Se antes o espaço no e-commerce era dominado por grandes players como Marisa e Renner, hoje é cada vez mais comum ver a entrada de pequenos e médios na venda pela internet. Daslu, Aviator e Sérgio K chegaram ao varejo online a menos de seis meses e já conseguem visualizar o quanto a loja virtual pode expandir o negócio.


O momento é bom para a indústria têxtil no meio virtual, mas pode ainda melhorar. De acordo com uma pesquisa divulgada este ano pelo Instituto de Estudos e Marketing Industrial (Iemi), apenas 2,8% dos 75 milhões de internautas brasileiros compram roupas pela web, o que mostra o enorme potencial do mercado. Sites de descontos e lojas virtuais especializadas, como Privalia, Brandsclub, Posthaus e OQVestir, contribuem para o desempenho e atraem os consumidores que buscam preços competitivos e novidades.

Mudanças de comportamento
A recolocação da categoria no ranking da e-bit indica que os brasileiros estão deixando a desconfiança de lado e se aventurando em uma área já bastante explorada em outros países, como os Estados Unidos, que lideram mundialmente. Um estudo realizado pela rede social Fashion.me, antiga byMK, com os seus usuários, aponta que 25% não realizam compras online por causa de dúvidas relacionadas ao caimento e modelo da peça, já 21% alegam que a insegurança em poder trocar o produto também é um empecilho.

O levantamento mostra ainda que 12% não sabem suas medidas e 21% lembram da questão da segurança no meio virtual. Para acabar com alguns desses problemas, a agência Future Lab, desenvolveu o sistema Find My Size, que funciona como um provador virtual. Com a ferramenta, os consumidores podem visualizar como a roupa ficaria no seu corpo, fornecendo as medidas que serão transferidas para a modelo do site. Uma equipe da agência visita as lojas e tira fotos das peças em um manequim desenvolvido pela empresa, que reproduz mais de 900 posições. O sistema pretende trazer mais segurança para as consumidoras e diminuir o número de trocas, que hoje, segundo a agência, ocorrem em 20% a 35% das compras.


As empresas também buscam alternativas para lidar com as medidas, a OQVestir, por exemplo, mede todas as peças disponíveis e coloca os tamanhos em centímetros no portal. Já na loja virtual da Daslu, as clientes têm à disposição um estilista para ajudar nas compras, assim como nas unidades físicas. “O especialista da marca auxilia na montagem de looks, seguindo uma característica da nossa loja de vender toda a produção pronta. As consumidoras também podem trocar a peça na loja física ou buscamos na sua casa, sem nenhum custo, em até 48 horas”, detalha Manuela Wis, Editora chefe do site da Daslu, em entrevista ao Mundo do Marketing.

Abertura de Mercado
Seguindo os passos de empresas como a Marisa, que já está há 11 anos no e-commerce de moda, grande parte das marcas enxergam atualmente uma necessidade de vender suas coleções na web. Apesar da desconfiança ainda presente por parte dos consumidores, a conveniência e as promoções atraem os internautas. A Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net) prevê que, até o fim do ano, 27 milhões de brasileiros comprarão pela internet, sendo que quatro milhões farão sua primeira compra no período.

“Hoje é uma tendência geral. Se você trabalha com varejo, tem que estar na internet. Se olharmos para as marcas de varejo americanas, todas estão no comércio virtual. Não tem como ficar de fora. A Aviator está consolidada no segmento de moda masculina, no Rio de Janeiro, com 24 anos de mercado. Agora, entrando no e-commerce, vamos começar a trabalhar com um público que ainda não conhece a nossa marca, faremos um trabalho para sermos conhecidos em todo o Brasil”, declara Leonardo Helal Veiga, Coordenador de Marketing da Aviator, em entrevista ao portal.


Com o alto potencial do mercado, os pequenos players começaram a vender pela internet em busca de suprir uma demanda já existente. A marca de roupa masculina Sergio K vendia, em média, R$ 100 mil mensais pelo correio aos consumidores de fora das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas, Brasília e Belo Horizonte, em que a marca possui lojas físicas. “Decidimos abrir a loja online porque já tínhamos um faturamento garantido dos clientes que ligavam fazendo pedidos de várias regiões do país. Existia a certeza que daria certo”, explica Sergio Kamalakian, Empresário da loja Sergio K., em entrevista ao Mundo do Marketing.

Criatividade e atração de clientes
Para o setor, o mais importante é ser criativo e oferecer novidades diárias que atraiam a atenção dos consumidores. A Sergio K. planeja, em dois anos, acabar com as liquidações na lojas físicas e realizá-las apenas no meio virtual. “Sempre tentamos fazer uma diferenciação na compra pela web, enviamos alguns brindes, como preservativos e cartas de baralho”, comenta Kamalakian.


Uma das estratégias adotada pelas marcas é mostrar o produto sendo utilizado por alguém, além de apresentar variedades de tamanhos, cores e diferentes formas de pagamento. “O ambiente é propício para criar algumas ações. Hoje, estamos com o frete grátis e daqui a pouco vamos fazer uma promoção compre certa quantidade, ganhe um brinde”, diz Veiga, Coordenador de Marketing da Aviator.

A divulgação de promoções pelas mídias sociais também é recorrente no e-commerce e é uma ferramenta para conhecer o público-alvo da marca. “Temos um termômetro que são as nossas redes sociais, o Facebook, o Orkut e o Twitter. Um motivo que nos tranquilizou ao lançar a loja virtual era a quantidade de admiradores da Daslu, que entravam na nossa fan page e diziam que não existe a loja na sua região, mas gostariam que enviássemos determinada peça por Sedex. As pessoas de fora de São Paulo querem adquirir uma peça da marca e o e-commerce veio para atender esta demanda”, declara Manuela.

Fonte: Mundo do Marketing – Letícia Alasse

Serviços ganham destaque na estratégia para atrair a classe C

Não está nada fácil conquistar a classe C. De acordo com uma pesquisa recente feita pelo instituto Data Popular com executivos de 210 companhias que faturam acima de R$ 100 milhões, 77% deles admitem que suas empresas não estão preparadas para atrair as classes emergentes. Para se diferenciar e chamar a atenção deste público, a prestação de serviços tem um papel fundamental.
Se há nove anos a relação de consumo da chamada nova classe média brasileira era proporcional, hoje 65,2% do orçamento destes consumidores já responde por serviços. Saem na frente as empresas que souberem decodificar as necessidades e os desejos deste público e superar a expectativa dos emergentes. É o caso do Instituto Beleza Natural e da Universidade Estácio de Sá, que já nasceram de olho no potencial da baixa renda, ou ainda de empresas como Tam, Gol e CVC, que viram a oportunidade de se posicionar para atender este público.

Mudança no padrão de comportamento
Assim como fez a Estácio de Sá ainda na década de 1970, observar as necessidades dos consumidores foi essencial para o sucesso do Instituto Beleza Natural, que iniciou suas atividades em 1993, também no Rio de Janeiro. Mais do que isso, a rede decidiu mudar um padrão de comportamento e mostrar à mulher com cabelos crespos ou ondulados que era possível sentir-se bonita sem alisar os fios.
O carro-chefe da empresa é o Super-Relaxante, que atende em média 70 mil consumidoras por mês nas 11 unidades da marca, presente também em Vitória, no Espírito Santo, e Salvador, na Bahia. Durante uma hora e meia, a cliente passa por todas as etapas de tratamento, culminando na finalização do penteado e podendo também ser maquiada.
“Temos uma área de pesquisa e desenvolvimento grande e fazemos parcerias com as principais universidades do país. Ouvimos o tempo todo as nossas 70 mil clientes para conseguir desenvolver tudo o que é adequado a elas”, ressalta Jacqueline Lopes, Superintendente de Marketing do Instituto Beleza Natural, em entrevista ao Mundo do Marketing.

No Beleza Natural, colaboradoras também são clientes
Os salões do Beleza Natural contam com um espaço de 1.000 metros quadrados e se parecem com uma linha de produção. Em cada etapa do procedimento é observado o problema da consumidora para que a autoestima seja elevada. “Temos tratamentos específicos para que ela se sinta melhor no trabalho, com o parceiro, com as amigas. É um conjunto de relações que ela conquista”, acredita Jacqueline.
Outro fator importante para o sucesso da rede são as próprias colaboradoras. Na maioria das vezes, as funcionárias já eram clientes do Beleza Natural e conhecem a fundo o universo da marca. Elas também são uma espécie de “vitrine” dos tratamentos e geram boca a boca, já que as consumidoras costumam pedir “um cabelo igual ao dela”, quando veem o resultado do tratamento nas próprias cabeleireiras.
“O olhar para a classe C é apurado, mais específico para as necessidades que quer atender. Esta classe é exigente, tem um padrão de qualidade próprio e quer ser atendida de acordo com o perfil que busca”, afirma a executiva do Beleza Natural.

Fonte: Sylvia de Sá – Mundo do Marketing

Futura Biotech lança Condicionador Reestruturador Bio-Kortex com ação múltipla

Um condicionador com múltiplos benefícios para os fios! Essa é a proposta da Futura Biotech que lançou o Condicionador Reestruturador Bio-Kortex, parte da linha de tratamento capilar da marca, composta por Shampoo, Condicionador, Creme Reestruturador e Ampolas.

Além de restaurar a fibra capilar da cutícula até o córtex, os ativos da formulação do Condicionador Bio-Kortex proporcionam a imediata sensação de maciez, brilho e condicionamento. Repõem a massa perdida, protegem dos danos térmicos, reduzem o frizz, o ressecamento, quebras e pontas duplas. Ufa!

Mas ainda tem mais… o Condicionador e toda a linha contêm o Bioativo Positivo, um sistema composto por ativos de alta tecnologia, silicones e aminoácidos. Trata-se de um repositor de massa capilar, que devolve a condição mais próxima à original, permitindo que a fibra capilar retorne ao seu comportamento natural, porém com proteção extra aos danos da oxidação.


Contém vitamina E, auxilia na manutenção da cor e melhora a penteabilidade.

É pra ter!

Preço Médio: R$ 47,00
Bisnaga – 150 ml

Mais informações sobre a linha de produtos da FUTURA BIOTECH no SAC 0800 – 707 0644 ou no site: www.futurabiotech.com.br

Shoes4you lança primeira coleção de sapatos na web

Mulheres que não resistem a ter um sapato novo no closet já podem assinar a Shoes4you, que acaba de lançar sua primeira coleção e-fashion de sapatos femininos exclusivos com um modelo de vendas inédito na Internet: a assinatura mensal que dá direito a escolher um sapato por mês a cada coleção lançada. Assinada por três renomadas personal stylists, Priscilla Whitaker, Renata Bacelar e Viviana Ximenes, a coleção de estreia traz calçados com designs que vão do clássico ao arrojado.


Como funciona a Shoes4you – Ao acessar o site pela primeira vez, a usuária irá responder um rápido “fashion quiz”, que formará seu perfil de acordo com seu estilo, preferência e personalidade fashion.

Com seu estilo definido, a Shoes4you disponibiliza uma seleção exclusiva de modelos de sapatos sugeridos por uma das personal stylists. Ali a assinante também recebe dicas de looks, de como, quando e onde usar o sapato escolhido. As mulheres ainda poderão compartilhar suas escolhas e ver o que suas amigas estão comprando via redes sociais.

Quando a cliente fizer sua primeira compra, passa a assinar o serviço mensal, ou seja, contribui com R$ 140,00 por mês para poder escolher e receber um modelo de sapatos de seu showroom mensal. Para as primeiras 10 mil assinantes, o serviço ficará por R$ 120.

Existe também a possibilidade, a qualquer hora, de fazer uma nova seleção de sapatos. Além disso, até o dia 5 de cada mês, será possível “congelar” a assinatura para não efetuar o pagamento da taxa naquele mês. A cliente recebe os sapatos escolhidos em até 7 dias úteis e o frete de envio do produto é gratuito.

Incrível, né?

Veja alguns sapatos da coleção:

Clica aqui: http://shoes4you.com.br/

Informações: Assessoria de imprensa FirstCom Comunicação

Yes! Cosméticos lança Deo Colônias Neon

A Semana de Moda de Paris sinalizou e a tendência neon voltará com tudo no verão. Roupas, acessórios, maquiagens e PERFUMES! Sim, a Yes! Cosméticos apresenta as Deo Colônias Neon em três versões: Shock (Pink), Fever (Laranja) e Vibe (Verde).


Para você chamar a atenção por onde passar, a linha de fragrâncias possui elementos desodorantes em sua formulação promovendo um bem estar refrescante, super apropriado para o nosso clima mais quente.

Os frascos têm design clean, moderno, com traços geométricos, em vidro transparente, deixando à mostra a tonalidade neon. Em total sintonia com a moda, as fragrâncias vão de encontro à tendência do momento: o Color Block!

Ficou louca para experimentar? A partir desse mês, você encontra a linha à venda em todos os revendedores Yes! ao preço promocional de R$ 49,90 cada.

Saiba mais sobre as Deo Colônias Neon Yes! Cosméticos

- Shock – tem um perfume vibrante e envolvente que combina saída frutal com amora, framboesa e tamarindo, corpo floral composto por rosa, violeta negra e flor de cacau além de toques exóticos de pimenta rosa. O fundo traz notas de patchouli, madeira massoia e um toque balsâmico de baunilha.

- Fever – vem envolta na sensualidade doce da vanilla com a presença marcante de incenso e musk tornando-a irresistível e sedutora. Traz ainda notas florais de cerejeira e frangipani, acordes de chá branco chinês em fundo de madeiras raras.

- Vibe – tem um perfume energizante e refrescante que combina notas de saída cítricas compostas por limão, bergamota e laranja, notas de corpo exóticas com gengibre e folha de violeta, em fundo de musk e madeiras raras, finalizando a criação ideal para pessoas que fazem do desafio sua versão de vida.

Mais informações:
0800 970 0444 / www.yescosmetics.com.br

Lenços Umedecidos Ricca com embalagens colecionáveis

Dias quentes se aproximam e nada melhor do que ter à mão lenços umedecidos para limpar e refrescar a pele. Mas transportar as embalagens acaba sendo um incômodo, devido aos potes e embalagens em tamanho grande que acondicionam os lencinhos.

Pensando na fácil portabilidade e durabilidade do produto, a Ricca que faz parte da empresa Belliz Company lançou os Lenços Umedecidos com as embalagens mais fofas que você já viu! As duas práticas versões são super coloridas e, enquanto uma vem em formato retangular (20 lenços), a outra imita uma latinha de refrigerante (30 lenços), as duas acompanham um pingente na lateral. Ao todo são seis opções de desenhos para usar e colecionar.


Ideal para carregar na bolsa, os lenços não são oleosos, a fragrância é ótima e funciona como um eficiente removedor de maquiagem.

Você pode encontrar os lencinhos em drogarias e perfumarias de todo o Brasil com um preço médio de R$ 3,60 a embalagem, nos estilos: romântica, pop e rock’n roll (latinhas) e florais (retangulares).

SAC: 0800-770-3200
http://www.belliz.com.br/ricca

Página 4 de 9« Primeira...23456...Última »
Desenvolvido por: