PUBLICIDADE

Novidade no Brasil

Rosácea acomete mais mulheres a partir dos 30 anos

A rosácea é uma dermatose crônica caracterizada por vermelhidão, inchaço, vasinhos sanguíneos dilatados na superfície da pele e pela presença de bolinhas vermelhas, eventualmente com pus. O surgimento da rosácea pode estar relacionado a diversos fatores, tais como, predisposição genética, alterações emocionais (estresse) e hormonais, mudanças bruscas de temperatura, exposição solar, consumo de bebidas alcoólicas, medicamentos vasodilatadores ou fotossensibilizantes, ingestão de alimentos muito quentes.

Segundo a dermatologista Dra. Carla Albuquerque, a rosácea manifesta-se principalmente no centro da face, podendo acometer bochechas, nariz, testa e queixo e afeta mais os adultos entre 30 e 50 anos. Embora as mulheres sejam mais suscetíveis, os homens desenvolvem as formas mais graves da enfermidade. “É uma dermatose que pode piorar no verão devido à dilatação nos vasos sanguíneos por conta do calor. No entanto, também pode ocorrer no inverno, época caracterizada pelas mudanças bruscas na temperatura, frio, vento, entre outros fatores”, explica a médica, que é membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Os sintomas da rosácea são:

- Vermelhidão prolongada na face (eventualmente permanente);

- Presença de telangiectasias (dilatação de vasos finos na superfície da pele);

- Histórico de pele muito sensível a cosméticos, perfumes e até mesmo alguns filtros solares;

- Presença de bolinhas vermelhas e/ou de pus, às vezes até nódulos. Alguns pacientes, sobretudo os homens, podem desenvolver rinofima (vermelhidão, inchaço, dilatação dos poros, acúmulo de queratina e tecido glandular no nariz, seguido pelo aparecimento de tecido fibroso – o nariz fica maior, lobulado…)

Uma vermelhidão persistente na pele ou uma sensibilidade maior aos cosméticos já justifica procurar ajuda de um dermatologista. O tratamento adequado deverá ser prescrito apenas por um médico. “Geralmente são indicados o uso de antibióticos tópicos, sistêmicos, cuidados especiais com a higiene da pele, priorizando produtos para peles sensíveis. O uso do laser de Nd yag de 1064 nm e a luz intensa pulsada são recursos importantíssimos no controle dessa dermatose e na sua prevenção, uma vez que tratam os vasos da pele e ajudam a controlar reatividade vascular exagerada”, conclui a médica.

Fonte: Keyla Assunção – Assessora de Comunicação

 

Rejuvenescimento com preenchimento facial

A busca por uma face rejuvenescida é o sonho de muitos, mas para preservar uma pele jovial é preciso além de alguns cuidados, usufruir de alguns procedimentos estéticos disponíveis no setor. Guilherme Miranda, cirurgião plástico, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, explica que para devolver o viço perdido pode se utilizar diversas substâncias para o preenchimento facial.  As mais comuns e seguras são a gordura e o ácido hialurônico. Ambas são substâncias naturais presentes em nosso organismo, de acordo com o médico, e não oferecem qualquer tipo de rejeição. “Reações são raras, e quando acontecem, são fugazes, rápida e espontaneamente resolvidas”, comenta Guilherme Miranda. O médico prefere evitar os preenchimentos ditos definitivos, pois, segundo ele, as complicações e reações destes produtos costumam ser graves e de tratamento difícil ou inexistente.

Segundo Guilherme Miranda, tanto o ácido hialurônico quanto a gordura são absorvidos com o tempo, sendo esta última menos absorvida. “Este fato parece uma “desvantagem” em relação aos produtos ditos definitivos. Mas é justamente o contrário, uma vantagem. O fato de serem absorvidos com o tempo denota uma interação harmônica com os tecidos, pois estes são dinâmicos e estão em constante renovação. Isso dá naturalidade do resultado, justifica. Já os produtos de preenchimento definitivos não possuem esta característica e permanecem inertes com o tempo, não acompanhando as transformações pelas quais os tecidos passam, sendo os maiores responsáveis, com o passar do tempo, pelas chamadas “faces congeladas” ou “sem expressão””, adverte.

“O preenchimento da face com ácido hialurônico permite correções mais finas, difíceis de se obter com a gordura. O ácido hialurônico hidrata e dá volume à pele. Ele pode ser usado para suavizar linhas e depressões ao redor da boca, corrigir o sulco nasolabial (bigode chinês) e reforçar a definição dos lábios, tornando-os mais volumosos e melhorando o seu contorno. Os efeitos do ácido duram de seis meses a um ano”, destaca o médico.

Informações de Márcia Menezes / DMC 21

Brasileiros buscam cada vez mais cirurgias de redução de estômago

Junto com o aumento da obesidade no Brasil, a realização de procedimentos de redução de estômago – as cirurgias bariátricas – tem registrado um crescimento exponencial no país.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM), o número de procedimentos cirúrgicos no país,  pulou de 16 mil, em 2003, para 80 mil, em 2012. A cirurgia é indicada para pacientes com Índice de Massa Corpórea acima de 35 ou 40, quando há presença de outras doenças associadas à obesidade. O procedimento extirpa uma parte do estômago ou do intestino e ainda pode recorrer a intervenções no aparelho digestivo (no Brasil, são aprovadas quatro modalidades cirúrgicas). “O número de obesos aumentou, a informação sobre a cirurgia aumentou também e tivemos um grande avanço, que foram as operações por laparoscopia”, diz o cirurgião Fábio Viegas, um dos precursores deste tipo de cirurgia no país.  “As bariátricas por vídeo tornaram o processo mais confortável, com menos dor e uma volta mais rápida ao trabalho. Tudo isso atrai mais a procura” esclarece.

Segundo o cirurgião, que é Presidente do Instituto Fábio Viegas, o primeiro serviço de obesidade, no Rio de Janeiro, a ser reconhecido internacionalmente como um Centro de Excelência em Cirurgia Bariátrica, apesar de muitas pessoas estarem entendendo que a obesidade mórbida é uma das doenças que mais mata no mundo, existindo a necessidade de se divulgar muito sobre a importância da cirurgia bariátrica como um grande aliado para o fim desta enfermidade. “O Brasil  fica atrás apenas dos Estados Unidos no ranking mundial – os americanos estão de longe na frente, com cerca de 400 mil cirurgias do tipo realizadas em 2012. Enquanto a crise econômica levou a uma queda no número de cirurgias nos Estados Unidos, no decorrer deste ano, a tendência no Brasil foi de crescimento, acompanhando a demanda. Para 2013, o Instituto Fábio Viegas fará campanhas de conscientização para a qualidade de vida, contra a obesidade mórbida, que como o próprio nome diz-leva a morte”. Adianta.

Apesar do aumento da procura, o salto no número de cirurgias também é visto com ressalvas por alguns especialistas que alegam que o procedimento é radical e que as soluções não devem ser únicas, mas múltiplas.  Fábio Viegas observa que na maioria dos casos esta pode ser a única solução. “As complicações decorrentes da obesidade mórbida fazem do tratamento cirúrgico uma via de acesso a uma vida mais saudável, com mais qualidade e principalmente, mais longa”, afirma o médico, ressaltando a importância de conhecer a história por trás de cada caso.

De acordo com o cirurgião,  o tratamento clínico tem eficácia somente em 10% dos casos, enquanto a intervenção cirúrgica soluciona 90% deles. As estatísticas ajudam a explicar o interesse em torno do procedimento.

Fonte: DMC 21 Comunicação e Marketing

10 Motivos para entrar na academia

O verão está chegando! Conheça os dez principais motivos para enfrentar a academia e levar uma vida em movimento. Leia mais…

Unhas fracas e quebradiças – Conheça as causas e tratamentos

De nada adianta investir em esmaltes diferentes, novas técnicas e apetrechos se as suas unhas estão fracas e quebradiças. Aprenda a deixar suas unhas fortes e resistentes no Portal Beleza Brasileira. Leia mais…

Diwali – O precioso esmalte da Chanel

Por: Vivian Braga

Durante o desfile Paris-Bombaim, a Chanel lançou um esmalte dourado criado por Peter Philips que causou frisson, agora o mimo estará disponível exclusivamente nas lojas da Rue Cambon e Avenue Montaigne.

O esmalte com matiz de ouro é inspirado no famoso festival das luzes, que acontece todo ano na Índia. A edição é limitadíssima e feita para os colecionadores de plantão.

Preço sugerido: 25 €

Falando nisso, a novidade agora é o aplicativo para unhas NailPARADE lançado pela DeBBY com o intuito de atingir o público que visa o trabalho artístico das manicures. Ele pode ser baixado gratuitamente na Apple Store ou Android Market. Graças à gama de cores DeBBY,  é possível que você crie um visual virtual para suas unhas. Para começar a jogar, você precisa escolher entre dois programas de decoração: nailDRAWING ou colorPLAYING.

Podendo utilizar desenhos geométricos ou desenhar à mão livre, mas há efeitos especiais, como rachaduras, brilhante e magnéticos. Quando a criação estiver pronta, você pode combiná-la com um batom, escolhendo entre os 32 tons deBBY kissMYlips.

O aplicativo está ligado também, a uma competição para encontrar os artistas mais talentosos do meio virtual. A competição nailPARADE implica em enviar o seu olhar para a equipe DeBBY. O projeto mais interessante e criativo ganhará um ano de fornecimento de produtos de make.


Comece já!

http://www.debbyexperience.com/it/index.php

Levar kit próprio para fazer as unhas no salão evita doenças

Responsabilidade. Essa é palavra-chave hoje em dia na hora de fazer as unhas. A falta de uma higiene adequada nos acessórios de cutelaria e, principalmente, o uso compartilhado nos salões de beleza podem causar sérios problemas, que vão desde micoses até doenças mais sérias como a hepatite dos tipos B, C e D.

O Dr. Paulo Henrique Lucas, conhecido como Dr. Unhas explica que apenas a autoclave esteriliza adequadamente os instrumentos, mas a maior parte dos salões ainda possui apenas a estufa comum para fazer a higienização. Portanto, o risco é iminente. “Uma em cada dez manicures contraíram ou contrairão o vírus da hepatite C, um tipo assintomático, por usarem em si mesmas os instrumentos de trabalho no estado de São Paulo, de acordo com a secretaria estadual de saúde”, afirma.

Para evitar qualquer risco, a dica é montar o próprio kit manicure e levarem sempre que forem fazer as unhas no salão. Esse material é pessoal e deve ser individual. Confira os itens indispensáveis para montar um kit:

Espátulas – para empurrar a cutícula deve-se optar pela espátula de aço que permite a esterilização em autoclave. Deve-se umedecer as mãos para amolecer as cutículas e com o auxílio dela empurrar delicadamente a cutícula.

Alicates de cutícula – não há como saber se os alicates utilizados pelas manicures são devidamente esterilizados, como é um objeto cortante e possível transmissor de doenças, todo o cuidado é pouco. Após empurrar a cutícula, retirar apenas o excesso com o alicate.

Alicates de unhas – assim como os alicates de cutículas, os alicates para unhas também podem transmitir doenças. Por isso é essencial ter um no kit. Para utilizá-lo deve-se encaixá-lo nas unhas e pressionar no tamanho desejado.


Lixas e polidores – Restos de unha e alguns fungos podem se instalar nas lixas e polidores aumentando o risco de contaminação de uma pessoa para a outra. Após o corte das unhas é necessário moldá-las com uma lixa. Assim como o uso, o formato é do gosto pessoal, tem quem prefira arredondada e outras mais quadradinhas. Após moldá-las é hora de polir. Para deixar as unhas limpas, lisas e com brilho deve-se passar de maneira leve o polidor sobre as unhas.

Palitos – para retirar o excesso de esmalte nas laterais das unhas e para empurrar a cutícula, deve-se optar pelo palito e espátula em aço porque permitem a esterilização. Para limpar o esmalte, basta enrolar um pedaço de algodão na ponta do palito, umedecer com removedor de esmaltes e retirar o excesso dos cantinhos dos dedos.

Lixas para calos – ao contrário do que muitos fazem este produto não deve ser utilizado durante o banho e nem armazenado no banheiro, pois locais quentes e úmidos são perfeitos para a proliferação de bactérias e fungos. O lugar ideal para guardar o acessório é em um ambiente seco.

Fonte: Merjere 

Fotodepilação ganha adeptas e espaço no mercado de estética

Para muitas mulheres livrar-se dos pelinhos corporais é um verdadeiro incômodo. Entre vários métodos como lâmina, cera quente, cera fria, creme depilatório, a fotodepilação tem conquistado muitas adeptas. O método consiste na eliminação do pelo através da luz. O calor é absorvido pela melanina, provocando um enfraquecimento do folículo piloso.

Segundo Selma Santos, técnica da LaserStar Brasil, o método de luz intensa pulsada é o mais moderno e eficiente quando o assunto é eliminação de pelos de forma duradoura e indolor. “Para atingir o melhor resultado são necessárias de 6 a 10 sessões e, após o tratamento, entre 6 a 12 meses, 1 sessão para manutenção, assim, os pelos diminuem e quase não aparecem mais”, afirma.

A fotodepilação por luz intensa pulsada é a técnica mais moderna e segura comparada a outros métodos depilatórios. Além disso, pode-se destacar a efetividade na maioria dos tipos de pele e cor de pelo.  Além de ter a grande vantagem de tratar uma maior variedade de fototipos de peles e de pelos que a depilação a laser, ela torna-se mais prática e mais barata ao longo do tempo.

Antes de começar o tratamento, a técnica recomenda que se faça uma avaliação para identificar uma possível alergia, caso haja reação, o tratamento deve ser suspenso. Não há restrições quanto à partes do corpo a serem depiladas, deve-se evitar apenas, a área ocular.

Para quem sofre com pelos grossos e encravados e não aguenta mais a irritação provocada pelo uso da lâmina, a fotodepilação é a escolha mais acertada.


A LaserStar Brasil é referência nos métodos de Fotodepilação, Fotorejuvenescimento e Fototerapias. A empresa possui diversas franquias pelo país e conta com os mais modernos equipamentos e a mais alta tecnologia para oferecer resultados eficazes para os clientes.

Para conhecer:

http://www.laserstarbrasil.com.br
Tel.: (11) 2389-0776

Esfoliação facial e corporal: sugestões de produtos

Pele grossa, sem luminosidade, com manchas e sem uniformidade pode ser falta de esfoliação. Tanto no rosto quanto no corpo, necessitamos eliminar as células mortas que ficam impregnadas na camada superficial da pele para que ela ganhe viço e possa receber melhor a hidratação.

As microesferas presentes nos cremes próprios para a função, além de eliminarem as impurezas como oleosidade, poeira, maquiagem, etc, ajudam a ativar a circulação da pele tornando-a mais bonita e saudável.

A pele do rosto é sempre mais sensível do que o restante do corpo, por esse motivo, a escolha de produtos com microesferas mais delicadas é o aconselhável para o uso nessa área. Já no corpo, para uma maior eficiência, prefira esfoliantes mais “potentes”. A aplicação deve ser feita de forma circular sem provocar muito atrito, pois peles mais sensíveis tendem a ficar irritadas. Atente também para o intervalo entre uma esfoliação e outra, o ideal é utilizar esses produtos uma vez por semana (pele normal ou oleosa) e a cada 15 dias (em peles secas).

Esfoliantes faciais

1 – Esfoliante  Rapid Clear Anti-Cravos Neutrogena – Preço Médio: R$ 25,00 – SAC: 0800 703 63 63
2 – Esfoliante Facial Apricot Scrub  St.Ives (rosto e corpo) – Preço Médio: R$ 18,00 – SAC: http://www.stives.com/
3 – Gel Esfoliante Norma Derm Vichy – Preço Médio: R$ 75,00 – SAC: 0800 701 1552

Esfoliantes corporais

1 – Geléia Esfoliante Corporal Figo O Boticário – Preço Médio: R$ – SAC: 0800 413 011
2 – Gel Esfoliante para Banho Shiso Roger & Gallet – Preço Médio: R$ 49,90 – SAC: 0800 701 1552
3 – Esfoliante para massagem corporal Nivea – Preço Médio: R$ 18,00 – SAC: 0800 776 4832

Dica: Mãos e pés também devem ser esfoliados regularmente. Escolha um esfoliante delicado para as mãos e um mais potente para os pés!

E aí, quais esfoliantes vocês indicam? Têm algum preferido?

Página 1 de 41234
Desenvolvido por: