PUBLICIDADE

Levar kit próprio para fazer as unhas no salão evita doenças

05/23/2012
Author: Gabriela Rabinovici  |  Category: Estética

Responsabilidade. Essa é palavra-chave hoje em dia na hora de fazer as unhas. A falta de uma higiene adequada nos acessórios de cutelaria e, principalmente, o uso compartilhado nos salões de beleza podem causar sérios problemas, que vão desde micoses até doenças mais sérias como a hepatite dos tipos B, C e D.

O Dr. Paulo Henrique Lucas, conhecido como Dr. Unhas explica que apenas a autoclave esteriliza adequadamente os instrumentos, mas a maior parte dos salões ainda possui apenas a estufa comum para fazer a higienização. Portanto, o risco é iminente. “Uma em cada dez manicures contraíram ou contrairão o vírus da hepatite C, um tipo assintomático, por usarem em si mesmas os instrumentos de trabalho no estado de São Paulo, de acordo com a secretaria estadual de saúde”, afirma.

Para evitar qualquer risco, a dica é montar o próprio kit manicure e levarem sempre que forem fazer as unhas no salão. Esse material é pessoal e deve ser individual. Confira os itens indispensáveis para montar um kit:

Espátulas – para empurrar a cutícula deve-se optar pela espátula de aço que permite a esterilização em autoclave. Deve-se umedecer as mãos para amolecer as cutículas e com o auxílio dela empurrar delicadamente a cutícula.

Alicates de cutícula – não há como saber se os alicates utilizados pelas manicures são devidamente esterilizados, como é um objeto cortante e possível transmissor de doenças, todo o cuidado é pouco. Após empurrar a cutícula, retirar apenas o excesso com o alicate.

Alicates de unhas – assim como os alicates de cutículas, os alicates para unhas também podem transmitir doenças. Por isso é essencial ter um no kit. Para utilizá-lo deve-se encaixá-lo nas unhas e pressionar no tamanho desejado.


Lixas e polidores – Restos de unha e alguns fungos podem se instalar nas lixas e polidores aumentando o risco de contaminação de uma pessoa para a outra. Após o corte das unhas é necessário moldá-las com uma lixa. Assim como o uso, o formato é do gosto pessoal, tem quem prefira arredondada e outras mais quadradinhas. Após moldá-las é hora de polir. Para deixar as unhas limpas, lisas e com brilho deve-se passar de maneira leve o polidor sobre as unhas.

Palitos – para retirar o excesso de esmalte nas laterais das unhas e para empurrar a cutícula, deve-se optar pelo palito e espátula em aço porque permitem a esterilização. Para limpar o esmalte, basta enrolar um pedaço de algodão na ponta do palito, umedecer com removedor de esmaltes e retirar o excesso dos cantinhos dos dedos.

Lixas para calos – ao contrário do que muitos fazem este produto não deve ser utilizado durante o banho e nem armazenado no banheiro, pois locais quentes e úmidos são perfeitos para a proliferação de bactérias e fungos. O lugar ideal para guardar o acessório é em um ambiente seco.

Fonte: Merjere 


Deixe uma resposta

Desenvolvido por: